12 a 31 de Maio de 2022

Entrada Gratuita mediante compra do bilhete do museu


Leda num pavilhão alugado a Dan Graham

José Quaresma

Exposição de Pintura e Instalação Pictural

A exposição individual Leda num Pavilhão alugado a Dan Graham trata-se da terceira e última exposição do meu pós-Doutoramento em Pintura, com a supervisão do Prof. Catedrático António Quadros Ferreira. Atendendo à especificidade dos lugares para os quais as peças foram produzidas, o catálogo ficará concluído para vos enviar no próprio dia da inauguração. Permitam-me, agora, a partilha de um excerto do catálogo que irão receber:

"Esta exposição consiste na elaboração de dezassete pinturas e instalações de pintura em função de quatro características plásticas que tenho vindo a explorar nos últimos anos, a saber: (1) imagem pictural impregnada na densidade vítrea; (2) imagem pictural transgredida pela transparência de materiais acrílicos; (3) imagem pictural absorvida por amontoamentos reais de matérias opacas; (4) imagem pictural fragmentada em planos monocromáticos entrecruzados. Neste conjunto de obras a exploração material e expressiva deixa-se atravessar por vestígios remotos e actuais, mais concretamente, oscila entre temas com "cheiro" a Pompeia e outros pertencentes à especularidade evanescente dos Pavilions de Dan Graham.

Sendo assim, deparar-nos-emos com a alusão e a "enxertia" de certos aspectos da obra de Dan Graham, designadamente a translucidez curva de alguns dos seus Pavilions, assim como a inter-reflexividade que os mesmos geram entre as superfícies que os constituem e os ambientes em que são instalados. Por outro lado, confrontar-nos-emos com a reconfiguração contemporânea de temas e práticas artísticas de Pompeia, a antiga cidade romana fundada nos finais do séc. VII a.C., fustigada pelo Vesúvio no séc. I da nossa Era. Mas também com a Pompeia de Marcel Proust, longamente evocada pelo Barão de Charlus na obra O Tempo Reencontrado, assim como outras Pompeias metafóricas, na linha daquilo que é afirmado por Moormann no livro Pompeii´s Ashes. The Reception of the Cities Buried by Vesuvius in Literature, Music and Drama.

Simultaneamente a estas evocações de fundo (Dan Graham e Pompeia), algumas das peças “conservadas” no Museu serão igualmente objecto de apropriação e inflexão pictural.”


José Quaresma